Júlio Payot - A Educação da Vontade

SINOPSE: Julio Payot (educador francês) dizia: “A causa de todas as nossas adversidades e desgraças é única e consiste na debilidade da nossa vontade, na aversão a todo esforço de ânimo e principalmente ao esforço perseverante”.
Quem não se esforça o suficiente não sai do lugar e, dessa forma, continua investindo na sua própria ignorância, na apatia, na preguiça. A preguiça está para a natureza humana assim como a gravidade está para o universo. Por força da gravidade todo objeto é atraído para o solo. Por força da preguiça todo ser humano é levado à inanição.
Para vencer a inércia, a apatia, a desídia, o abandono ou o conforto do nada fazer, o melhor é desenvolver sentimentos profundos que nos motivem a viver uma vida digna, honorável, ou seja, de sucesso. Temos que mexer constantemente com o nosso orgulho, com o nosso brilho, com nossa honra, reputação, valentia. Isso é que nos dá grandeza pessoal (Julio Payot). Livro do início do século XX, raro e que já não existe à venda.





Postar um comentário